Resenha: O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur

quinta-feira, julho 28, 2016



O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur
Autor: Affonso Solano
Editora: Fantasy/Casa da Palavra
Páginas: 192



Sinopse: “Ninguém viaja mais rápido que Puzur.” Lutando para se adaptar ao mundo dos mortais, Adapak se refugia no navio de Sirara, farto de lidar com os segredos do passado. Mas quando um antigo diário cai em suas mãos, o Espadachim de Carvão acaba por mergulhar nos registros de alguém responsável por influenciar não somente sua vida, mas a história de Kurgala – uma menina forçada a acompanhar a jornada de um ladrão desesperado, disposto a violar as regras mais antigas que os Quatro Que São Um deixaram para trás. Quem foi Puzur? O que procurava? Enquanto viaja pelas páginas do tempo, Adapak desconhece que sua curiosidade está prestes a colocá-lo sob a ameaça de algo que ele mesmo possa ter desencadeado.

Voltamos a Kurgala, agora na companhia de mais um personagem: Puzur.
Começamos a descobrir um pouco mais das histórias que cercam o passado de Kuurgala e envolvem Adapak.

O livro segue alternando passado e presente. Enquanto Puzur passa por aventuras, no passado, para tentar libertar sua mãe, Adapak, no presente, busca formas de entender tudo o que está acontecendo e sobreviver.

Enquanto no passado conhecemos mais sobre as espadas de Adapak e eventos que envolviam as mesmas e conhecemos um pouco mais sobre o ladrão Puzur, antigo dono das relíquias. No presente vemos Adapak em busca de conhecimento sobre os ataques a ele, e sobre si mesmo. Vemos então a influência de Puzur na vida de Adapak e algumas ligações entre ambos. Continuamos a viajar por Kurgala, expandindo ainda mais o universo criado por Solano no primeiro volume.

O final é um convite a um novo volume, deixando o leitor com aquela sensação de que falta uma peça no quebra cabeça.
Muito mais envolvente que o primeiro volume, o livro aguça a curiosidade para o desenvolvimento dos personagens e suas histórias.


Me encontre aqui:
 facebook  pinterest  instagram  skoob 

Posts Relacionados

15 comentários

  1. Ai, como adoro essas histórias que ganham ligações entre si com tantos teores reflexivos! São pontos que acabam nos relembrando da teia em que vivemos, dos sentidos que damos para a vida, dos olhares que devemos ter para encontrar tais sentidos em entrelinhas. Fiquei super curiosa, como sempre (em todas as indicações daqui), para conferir o livro! Adorei!

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom <3
      Gosto quando minhas indicações deixam curiosos haha

      Excluir
  2. Fiquei super curiosa com a sua indicação, com toda certeza vai ser o próximo que vou ler! <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Não conhecia a obra, só que por se tratar de uma série, talvez eu termine algumas que tenho pendentes antes de me aventurar em mais. A premissa é bem legal e é bem curtinho, né?
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aina não conhecia o livro, na realidade nunca tinha lido sobre, o que é totalmente inacreditável já que ele parece ser muito bom! Adoro livros de aventura com uma pitada de suspense, sempre nos deixam reflexivos e curiosos. Vou procurar os livros agora mesmo!
    xoxo
    Fora do Contexto

    ResponderExcluir
  5. Já ouvi falar do libro pela internet, se não me engano, acho que tem ele em ebook, vou procurar novamente e baixar. Sempre fui curiosa com essa leitura ;D
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já li muitas resenhas positivas sobre o autor, nunca li os livros dele, mas agora fiquei bem curiosa, parece ser uma boa obra de fantasia!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Um amigo meu está lendo este livro e me falou muito bem do livro! Tô esperando ele terminar pra me emprestar! hahah

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir
  8. Não conheço muito sobre a série, então talvez por isso tenha ficado meio perdida nos seus comentários, rsrs. Mas parece ser cheia de aventura :)
    Beiojs,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Uhhn..... ficção e aventura? Gostei!
    Parece bem interessante, e achei que a ideia de usar um espadachim é bem diferente.
    Vou procurar! :)

    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    ResponderExcluir