Resenha: Pensei que Fosse Verdade - Huntley Fitzpatrick

domingo, setembro 25, 2016


Pensei que Fosse Verdade (What I Thought Was True)
Autora: Huntley Fitzpatrick
Editora: Valentina
Páginas: 335
Compre: Americanas | Submarino

Sinopse: O maior erro da vida de Gwen Castle, Cassidy Somers, está trabalhando como jardineiro está trabalhando na ilha nesse verão. Ele é um garoto rico que mora do outro lado da ponte, em Sotny Bay, e ela vem de uma família de pescadores e faxineiras que mantém os veranistas na ilha felizes. Gwen se preocupa que uma vida como faxineira seja o seu fruto também, mas quando parece que ela nunca vai escapar do seu passado - ou da ilha - seu pai lhe da um conselho chocante. Faíscas voam e histórias secretas se revelam enquanto Gwen passa um maravilhoso e inquieto verão tentando resolver o que ela pensou ser verdade - sobre o lugar onde vive, as pessoas que ama e até ela mesma - com o que realmente é.



Comecei a leitura de Pensei que Fosse Verdade para a #LeituraColetivaValentina e o projeto Vamos Ler Juntos? e por estar curiosa com a autora Huntley Fitzpatrick. Pra quem não sabe, Huntley Fitzpatrick é autora também do livro "Minha Vida Mora ao Lado", que eu andei ouvindo falar muito bem nos últimos meses.

A narrativa do livro tem como tema central a ilha de Seashell e a família de Gwen Castle. Apesar da ilha de Seashell pode ser considerada um paraíso pelos veranistas, Gwen só queria a oportunidade de deixar aquele lugar para trás e tudo o que lhe cercava.
Gwen vive em uma casa pequena, com sua mãe Luce, seu avô Ben, o seu primo Nic e o irmão Emory. Sua mãe é uma das principais faxineiras da ilha e seu pai, dono de uma lanchonete já estão enraizados em Seashell e lutam para que a filha consiga alcançar aquilo que eles não conseguiram e para que ela e Nic possam cuidar de Emory em algum momento no futuro.
Nic e Gwen trabalham todos os verões em busca de complementar a renda da casa e auxiliar a família, tendo muitas obrigações e ocupações, tudo o que ambos buscam é um futuro melhor.

A rotina de Gwen é alterada quando um antigo romance volta a tona: Cass Somers, um garoto de boa condição social e que vive "do outro lado da ponte" torna-se o novo faz tudo da ilha, cruzando sempre o seu caminho. Até quando ela vai conseguir fugir do passado? Não está na hora de lidar com os erros e seguir em frente?

Parece uma história apenas sobre romance adolescente, mas enquanto o casal principal vão desenrolando o romance vemos insegurança, amadurecimento e escolhas e a influencia delas na nossa vida.
Gwen é a personagem que menos gostei na história (só eu que tenho uma aversão natural a protagonistas?). A personagem é autodepreciativa e fica o tempo todo batendo nas mesmas teclas sobre seu passado e criando maneira para que as pessoas a enxerguem sem realmente mostrar quem é. Cass tem todo aquele mistério que é causado pela narrativa em primeira pessoa, o que me dificultou um pouco a conhecer de verdade o personagem.



Apesar da trama central envolver Gwen e Cass é Nic, o primo de Gwen, que trás a grande reviravolta, nos fazendo questionar sobre o quanto mudamos quando buscamos muito por algo.
Senti falta de uma história mais bem desenvolvida para Emory, mas não sei se a temática se enquadraria ao livro.

É um livro leve, bom para ler aos poucos. Minha leitura não foi muito fluida e só consegui  realmente me apegar ao livro a partir do meio da história.
O projeto gráfico, assim como os outros livros da Editora Valentina é muito bem cuidado.
Alguém aí já leu esse ou outro livro da Huntley?

Me encontre aqui:
 facebook  pinterest  instagram  skoob 


Posts Relacionados

21 comentários

  1. Adorei a resenha, me deu super vontade de ler... Pena que não tenho mais tempo ): beijoss

    http://amebatom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ameeeei! Já vou adicionar aqui na minha lista haha

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  3. Que história mais linda, amo livros que mostram um pouco de como a vida é sabe? Das diferenças.. Amei sua indicação!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Que bom que não é só mais um romance adolescente, pena que a leitura não foi tão fluida. De qualquer forma gostei da premissa! E adorei as fotos <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Ja li muita resenha boa sobre esse livro e to super curiosa pra ler, a capa é linda <3
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Tenho receio de ser dessas histórias que enrolam muito, mas eu daria uma chance sim.
    Adorei a resenha.
    Beeijos
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que foi exatamente por isso que demorei a terminar :/

      Excluir
  7. Olá,
    Eu queria algo mais rápido, como não foi fluído para você, me desanima um pouco.
    Mas adoro esse projeto de ler junto com outra pessoa, sempre é bom para trocar opiniões.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Engraçado que lendo sua resenha me lembrei de um livro que li, que tem características bem parecidas com este. Boa resenha, mas o livro não entrou para minha booklist.

    Não conhecia estes projetos de leitura coletiva e me pareceram interessantes, pois depois de todos lerem os livros dá para trocar figurinhas sobre e analisar os diferentes pontos de vista que cada uma pessoa teve acerca da mesma história.

    Beijoca! 💋
    Desenrola, Gabriola!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Achei bem interessante a leitura coletiva.
      Qual livro te lembrou?

      Excluir
  9. O livro parece ser bem interessante. Eu, particularmente, gosto dessa temática que envolve mudanças na vida dos personagens (no caso, a personagem principal tenta sair da ilha). Acho inspirador essa ousadia de tentar algo novo. Fiquei bastante curiosa para saber o final dessa história e que tipo de interferência o garoto rico pode trazer a personagem. =]
    Nunca li nada da Huntley mas esse livro parece ser um bom livro para começar. Gostei muito da sua resenha e das fotos da postagem. ^^
    Beijinhos ♥

    Contadora de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Olha, não sei se é só você, mas eu costumo gostar dos protagonistas, viu? kkkkk
    Mas assim... achei a história tão bobinha. Hahahaha.
    Parece uma história meio padrão, sabe? Os dramas adolescentes e tudo mais...
    Mas realmente, a parte gráfica é linda :)


    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Voltei no post só para avisar que meu blog saiu de ar ontem e hoje por problema no servidor, mas já está de volta :)

    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É meio isso mesmo, mas é aquele livro bom pra distrair.
      Eu quase nunca gosto dos principais hahaha

      Excluir